AGK NEWS - notícias e sentimento dos mercados – 30.12.2021

Último dia do ano, última PTAX e incertezas sobre o futuro.

Em decorrência da pandemia, os bancos centrais jogaram moeda no mercado, só nos EUA o pacote de ajuda de Joe Biden foi de usd.1,9 trilhões, e tal movimento trouxe consigo a inflação.

Agora para frear a alta inflacionária, os juros mundo afora sobem, e na principal economia mundial o movimento tem o poder de mexer com aplicações em todos os países.

Neste fim de ano, a surpresa desagradável é a variante Ômicron do coronavírus. Quando os países voltavam a normalidade, a cepa que foi detectada pela primeira vez na África do Sul, se espalhou de maneira implacável e torna o futuro nebuloso.

Novamente ontem no mundo foram registrados mais de 1 milhão de casos, e nos EUA os óbitos ultrapassaram a marca de 2.000 casos diários.

Sendo de menor letalidade, os países relutam em fechar suas economias já debilitadas, novamente o setor do turismo é castigado com cancelamentos de voos em todos os países.

No Brasil, a “ajuda extra” para que o dólar continue flertando com cotações acima dos 5,70, são os movimentos grevistas dos funcionários públicos que devem “pipocar” no começo do ano.

Ontem foi a vez do Sindicato dos funcionários do Bacen anunciar que vários servidores do órgão vão cruzar os braços a partir do dia 03 de janeiro. O movimento começou na Receita Federal e se espalha. As tensões do funcionalismo publico em um ano eleitoral irão levar tensão as mesas operacionais.

Hoje é dia de formação da última PTAX de 2021, e como se sabe, a última PTAX de cada mês é utilizada para liquidação de vários contratos, como os derivativos, e tende a levar volatilidade às cotações; ontem o dólar encerrou em 5,70.

Os preços do petróleo trabalham em baixa de -0,85% na média.

Não há previsão de leilões de swap cambial.

AGENDA ECONÔMICA: Principais divulgações hoje:

BRASIL: balanço orçamentário (09:30hs)

EUA: pedidos de seguro-desemprego (10:30hs), PMI de Chicago (11:45hs).

BOLSAS DE VALORES:

Ásia: Shanghai fechou em alta de +0,62%, Tóquio em baixa de -0,40%.

Europa: trabalham em baixa de -0,08% na média.

EUA-índices futuros: trabalham em alta de +0,10% na média.