AGK NEWS - notícias e sentimento dos mercados – 23/05/2022

Mercados aguardam a desaceleração do IPCA na divulgação desta semana.

A estimativa de desaceleração do IPCA está nos radares das mesas operacionais, uma vez que que o índice deve refletir a bandeira verde de energia e projeto de corte de ICMS que tramita na Câmara.

A divulgação do IPCA está prevista para ser divulgada amanhã, e mesmo prevendo uma boa desaceleração do índice neste mês, a projeção que os mercados fazem é de um IPCA de 12,03% ao ano após a medição do último mês.

O mercado também estará atento a divulgação da Ata do FED nesta quarta-feira, Powell disse em entrevista na última semana que vai aumentar os juros o tanto quanto for necessário para domar a maior inflação verificada em 40 anos nos EUA.

Os mercados tendem a ter maior volatilidade na quarta até a divulgação da ata.

A semana deve começar bem para as bolsas de valores, os índices futuros europeus e norte-americanos trabalham em alta nesta manhã.

A B3 também pode surfar a abertura dos mercados, pois também registra uma alta de +1,44% no índice futuro.

O dólar no mercado doméstico, acompanhando o exterior, trabalhou em queda na sexta-feira operando entre 4,89 e 4,97; no exterior o índice DXY fechou em baixa de -0,98% aos 102,165 pontos.

Nova pesquisa eleitoral foi divulgada pelo Instituto Ipespe, e mostra um quadro de estagnação nos percentuais dos candidatos. Lula aparece com 44% das intenções de voto, Bolsonaro com 32% e Ciro Gomes com 8%.

Os preços do petróleo trabalham em alta de +1,20% na média, o Brent está cotado a usd.111,17 e o WTI a usd.111,48 por barril.

Devido à greve dos funcionários do Bacen, não deverá ser divulgada a pesquisa semanal do relatório Focus.

O Bacen irá realizar leilões de swap cambial para fins de rolagens às 11:30h.

AGENDA ECONÔMICA: Principais divulgações

BRASIL: relatório Focus (08:25h) aguardando confirmação, IBC-Br (09:00h).

EUROPA: encontro do Eurogrupo (a partir das 09:00h).

EUA: índice de atividade nacional do FED de Chicago (09:30h).

BOLSAS DE VALORES

Ásia: fecharam em alta de +0,50% na média.

Europa: trabalham em alta de +0,40% na média.

EUA-índices futuros: trabalham em alta de +0,80% na média.