AGK NEWS - notícias e sentimento dos mercados – 12/01/2022

IPCA surpreende ficando bem acima da meta inflacionária.

O índice IPCA, considerado a inflação oficial, subiu +0,73% em dezembro, acumulando em 2021 uma alta de 10,06%, sendo essa, a maior taxa verifica desde 2015.

A inflação oficial tinha como meta uma taxa de 3,75% definida pelo CMN, sendo que o teto era de 5,25%.

O Brasil segue as economias mundiais, com forte alta inflacionária causada pela pandemia que trouxe problemas extremos em todos os setores. Os países terão sérios desafios para saírem da crise instalada.

A inflação mais forte vai elevar a Selic a números acima dos dois dígitos mais rápido que o aguardado, e esse movimento fez com que o dólar caísse na parte da tarde aqui no Brasil.

Depois de uma abertura acima dos 5,68, o mercado realizou lucro com a possibilidade de possível entrada de capital no país devido a atratividade que as futuras taxas Selic podem trazer; a moeda norte-americana fechou por volta de 5,59, o mais forte recuo desde o início de dezembro.

Já nos EUA o aguardado novo discurso de Jerome Powell desta vez trouxe certo alívio para o mercado, não trazendo nenhuma surpresa e com a “as carta já mesa” com relação aos próximos passos relacionados ao fim do pacote de estímulos e começo do ciclo de alta de juros, o discurso ajudou o mercado acionário que fechou em alta em vários países.

Outro movimento que agradou o mercado no exterior foi a sinalização de que Powell terá seu nome confirmado para um segundo mandato à frente do FED.

Depois de forte procura no exterior nos últimos dias, o dólar perdeu força e trabalhou em baixa com relação ao índice DXY, fechando em queda de -0,38% aos 95,624 pontos.

Olhares atentos aos dados do IPC e a divulgação do livro bege nos EUA

Os preços do petróleo trabalham em alta de +0,40% na média.

O Bacen irá realizar leilões de swap cambial para fins de rolagens (11:30hs).

AGENDA ECONÔMICA: Principais divulgações hoje:

BRASIL: confiança do consumidor (13:00hs), fluxo cambial estrangeiro (14:30hs).

EUROPA: discurso de membros do BCE (12:30hs).

EUA: dados hipotecários (09:00hs), IPC (10:30hs), discursos de membros do FOMC (a partir das 12:00hs), livro bege (16:00hs).

BOLSAS DE VALORES:

Ásia: fecharam em alta de +1,80% na média.

Europa: trabalham em alta de +0,80% na média.

EUA-índices futuros: trabalham em alta de +0,25% na média.